gototop
DFTRANS
FacebookTwitter

ASCOM DFTrans

Neste mês, o recurso será instalado em 700 veículos. No próximo ano, as catracas do metrô também contarão com o sistema.

Neste mês, mais 700 ônibus do DF terão o sistema de biometria facial instalado nas catracas. Até fevereiro de 2018, o recurso, que evita fraudes no transporte público, estará presente em 100% da frota das concessionárias que operam na cidade — de cerca de 2,7 mil ônibus.

O cronograma foi anunciado na manhã desta terça-feira (21) pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno, em entrevista coletiva no Palácio do Buriti. Ainda no primeiro trimestre de 2018, a biometria facial começará a ser instalada nas catracas do metrô.

A eficiência do equipamento foi demonstrada durante o lançamento do sistema. Cinco ônibus com a biometria facial foram expostos na área externa da sede do governo local. O próprio governador passou pela catraca de um deles para testar a identificação por meio de imagens.

“Esperamos muito por este momento, pois o uso correto dos benefícios garantidos por lei vai ser assegurado pela instalação da biometria facial nos ônibus do transporte coletivo do DF”, disse o chefe do Executivo local.

De acordo com o secretário de Mobilidade, cerca de 300 veículos estão com a biometria facial em funcionamento já a partir desta terça (21). Os testes do sistema começaram em maio, em dez veículos da Linha 110, que faz o trajeto da Rodoviária – Universidade de Brasília (UnB).

“A experiência mostrou que funcionou bem. Tivemos mais de 2 mil bloqueios em dez ônibus”, avaliou Damasceno.

Além de coibir fraudes e garantir o benefício a quem realmente precisa, ele destacou ainda que burlar o sistema resulta em prejuízos à população:

“Reduzir fraudes é reduzir o custo do subsídio [valor que o governo paga no transporte público]. Esperamos que essa diminuição [do custo] seja de 15 a 20%. Esse dinheiro poderá ir para outras áreas, como segurança, para o bem-estar da população.”

Os custos dos equipamentos são arcados pelas próprias concessionárias. A biometria facial no transporte público do DF faz parte do Bilhete Único, lançado em setembro — que integra o Programa de Mobilidade Urbana do DF, o Circula Brasília.

Acima dos validadores, onde os passageiros passam o cartão, são instaladas câmeras que captam imagens de quem passa pela catraca. Por meio de um software, elas são comparadas com as fotos cadastradas no sistema.

Quando o programa detecta automaticamente divergências — ou seja, alerta que as imagens não coincidem —, um analista do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) avalia se há um caso de fraude.

Se confirmada a irregularidade, o benefício é suspenso, e abre-se um processo administrativo em que o usuário tem direito ao contraditório e ampla defesa. De acordo com a secretaria, se ainda assim os esclarecimentos forem insatisfatórios, o cartão é bloqueado.

Fonte: Agência Brasília

Plano emergencial garantirá o funcionamento das linhas 271.3 e 251.7
O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informa que a empresa Pioneira assume, nesta terça-feira (21/11), a operação de duas linhas de ônibus do Gama. A mudança faz parte de um plano emergencial e temporário para garantir o funcionamento das linhas circulares 271.3 e 251.7, que eram operadas com falhas pela cooperativa Coopatag.
As duas linhas saem do Terminal BRT em Santa Maria e terminam na rodoviária do Gama. A 271.3 circula com dois ônibus pela avenida Santa Maria e passa a atender o Condomínio Porto Rico, de segunda a sexta, com 17 viagens de ida e 16 viagens de volta. No sábado, conta com 16 viagens de ida e 16 de volta.
Já a linha 251.7 é operada por três ônibus, circula pela avenida Alagados de Santa Maria e conta com 28 viagens de ida e 28 de volta de segunda a sábado.
O valor da tarifa de ambas as linhas é R$ 2,50. 
GAMA
Plano emergencial garantirá o funcionamento das linhas 271.3 e 251.7
O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informa que a empresa Pioneira assume, nesta terça-feira (21), a operação de duas linhas de ônibus do Gama. A mudança faz parte de um plano emergencial e temporário para garantir o funcionamento das linhas circulares 271.3 e 251.7, que eram operadas com falhas pela cooperativa Coopatag.
As duas linhas saem do Terminal BRT em Santa Maria e terminam na rodoviária do Gama. A 271.3 circular com dois ônibus pela avenida Santa Maria e passa a atender o Condomínio Porto Rico, de segunda a sexta, com 17 viagens de ida e 16 viagens de volta. No sábado, conta com 16 viagens de ida e 16 de volta.
Já a linha 251.7 é operada por três ônibus, circula pela avenida Alagados de Santa Maria e conta com 28 viagens de ida e 28 de volta de segunda a sábado.
O valor da tarifa de ambas as linhas é R$ 2,50. 

Quarta, 18 Outubro 2017

Despesas Públicas

weblink2Atualizado em 18/10/2017

As informações referentes às despesas públicas realizadas por este órgão estão disponíveis no "Portal da Transparência do Governo do Distrito Federal", de maneira detalhada, e também, no aplicativo para dispositivos móveis, “Siga Brasília”, em linguagem de fácil compreensão.

Poderão ser consultadas acessando os seguintes endereços eletrônicos: 

http://www.transparencia.df.gov.br/#/

http://www.sigabrasilia.df.gov.br/Despesa


O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) disponibiliza, a partir desta terça-feira (23), um novo sistema de consulta na internet que mostra detalhes dos itinerários de todas as linhas de ônibus que circulam pelo DF.  


A novidade permite aos usuários visualizarem, por meio de um mapa, o trajeto de cada ônibus. É possível também identificar todos os pontos de parada, os terminais rodoviários, além das estações do Expresso DF Sul e do Metrô.

A busca traz ainda – por meio de quadros informativos localizados à direita do mapa – informações das linhas (nome linha, tarifa e operadora), horários divididos por turno e dias da semana.

O novo sistema pode ser acessado pelo banner Horários dos Ônibus no site do DFTrans (www.dftrans.df.gov.br). As consultas por linhas e itinerários podem ser feitas por nome, número, origem ou destino.

 

 

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) informa a programação horária das linhas de ônibus para a semana de Natal e de Ano Novo.

24/12 (quarta-feira) - tabela horária normal, porém com reforço de veículos entre 12h30 e 15h30 

25/12 (quinta-feira) - tabela horária de domingo e feriado

26/12, 27/12, 28/12, 29/12, 30/12 - sem mudanças, tabela horária normal

31/12 (quarta-feira) - A operação do pico da tarde (17h e 19h) será antecipada: vai acontecer entre 12h30 e 15h30. Em virtude da festa de Réveillon na Esplanada dos Ministérios, as linhas que têm como destino a Rodoviária do Plano Piloto serão reforçadas entre 20h do dia 31/12 e 3h do dia 1º/01.

Haverá, a cada 10 minutos, ônibus saindo da Rodoviária do Plano Piloto para a Prainha (no Setor de Clubes Sul). Essa operação será feita pela linha 103.1, operada pela Piracicabana, das 14h às 5h. 

1º/01 (quinta-feira) - tabela horária de domingo e feriado

02/01, 03/01, 04/01 - sem mudanças, tabela horária normal

 

Os postos do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA/DFTrans) funcionarão com horário diferenciado por conta do feriado de Natal. Nesta quarta-feira (24), as unidades atenderão ao público com horário reduzido: das 8h às 12h. Já na quinta (25) e sexta (26) não haverá expediente. Os serviços voltam ao normal na segunda-feira (29).

 

Os usuários podem buscar atendimento nos postos do SBA/DFTrans das 8h às 18h, de segunda a quinta-feira, e das 8h às 17h, às sextas. Os endereços dos postos podem ser vistos aqui.

 

 


O atendimento aos usuários do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA) de Samambaia será concentrado em um único posto a partir desta terça-feira (9). O serviço ao usuário será otimizado na unidade da Gerência Regional da cidade, localizada na QN 431, com o recebimento dos funcionários do posto da QN 318, que encerra suas atividades nesta segunda-feira (8).

 

No local, o usuário pode receber informações e fazer cadastramento e recadastramento de seus cartões. Já para emissão e bloqueio de cartão, o cidadão deve se dirigir aos postos do Conic, Galeria dos Estados, Sobradinho, Taguatinga e Gama (endereços no site do DFTrans). O atendimento acontece de segunda a quinta, das 8h às 18h e nas sextas, das 8h às 17h.

Terça, 02 Dezembro 2014

Comunicado

O DFTrans informa que a operação integração do sistema BRT no Gama e em Santa Maria será suspensa, a partir de amanhã, 03, retornando ao modelo antigo. A direção do DFTrans juntamente a empresa Pioneira fará uma avaliação do sistema para melhor atender aos usuários. 

A partir deste sábado (29), haverá mudança na operação dos ônibus que saem de Santa Maria e do Gama para, entre outras localidades, Cruzeiro, Sudoeste, Guará, Núcleo Bandeirante e W3 Norte e Sul. Esses usuários passarão a utilizar o sistema do Expresso DF Sul para ter acesso aos seus destinos, o que vai representar uma maior frequência de horários nas viagens.

Os passageiros com destino ao Cruzeiro, Guará, Lago Sul, Núcleo Bandeirante, Paranoá, SAAN, SIA, SMU e Sudoeste devem acessar os coletivos que fazem as alimentadoras e desembarcar nos respectivos terminais de integração (BRT). De lá, podem acessar os ônibus que fazem as linhas que rodam nos corredores exclusivos – Expressa e Paradora – até a Estação Park Way.

A partir dessa estação, devem se deslocar até os abrigos que estão nas margens da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPIA), ao lado da estação, para acessar os ônibus que os levarão até os respectivos destinos.

Já para os passageiros que utilizam as linhas que vão para a W3 Sul ou para o SIG haverá linhas saindo direto dos terminais de integração (BRT) para esses dois destinos. No chamado entre pico, essas linhas vão sair do próprio terminal do Park Way – não há necessidade de os usuários se deslocarem para os abrigos da EPIA.

Rodoviária – Aqueles que utilizam as linhas com destino a W3 Norte, L2 Sul e Norte, Esplanada e Lago Norte também terão os itinerários alterados. Contudo, a integração não será feita na Estação Park Way. Eles terão que embarcar nas linhas do Expresso DF Sul (Expressa ou Paradora) até a Rodoviária do Plano Piloto para, de lá, realizar a integração para seus destinos.

Renovação – Com a mudança, os usuários que utilizam essas linhas passarão a ter acesso a coletivos novos da Pioneira. Mais de 50 veículos convencionais da antiga frota saem de circulação e 25 articulados – que serão remanejados entre as linhas – entram em operação, o que permitirá aos usuários se beneficiarem da integração.

“Para ter acesso ao benefício, esses passageiros devem adquirir um dos cartões do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA). Assim, eles podem utilizar até três ônibus, no tempo máximo de 2 horas, pagando uma tarifa total de R$ 3”, explica o diretor-geral do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), Jair Tedeschi.

Mudanças:

As linhas com destino ao SIA, Lago Sul e Paranoá sairão do abrigo da EPIA, ao lado da Estação Park Way do Expresso DF Sul, sentido Gama/Santa Maria para o Plano Piloto. As demais – SAAN, SMU, Guará, Núcleo Bandeirante e Sudoeste – na parada que está no sentido inverso.

As linhas que vão para a W3 Sul e SIG sairão dos terminais de integração do Expresso DF Sul do Gama e de Santa Maria nos horários de pico. Nos entre pico, sairão da Estação do Park Way. Não há necessidade de esses usuários se deslocarem para os abrigos da EPIA.

As linhas com destino à Esplanada, W3 Norte, L2 Norte, L2 Sul e Lago Norte serão acessadas na Rodoviária do Plano Piloto. Os usuários devem pegar as linhas do Expresso Sul (Expressa e Paradora) até a Rodoviária.

 

Os usuários do Núcleo Bandeirante, Samambaia, Recanto das Emas e Riacho Fundo 1 e 2 vão receber, nesta quinta-feira (20), mais 33 ônibus da nova frota. São 25 carros articulados e 8 convencionais que vão reforçar linhas cuja operação é feita pela Urbi, o que representará mais conforto para esses moradores.

 

Os coletivos articulados – que possuem com ar-condicionado – têm capacidade para transportar por viagem 130 pessoas, e os convencionais para atender a 85 passageiros. A Urbi, cujos carros têm a cor azul, já disponibilizou 529 veículos para a população da Bacia 3 – 46 a mais do que previsto no edital que renovou a frota. 

 

A licitação foi feita  por regiões geográficas. Assim, sempre que houver necessidade, após um estudo técnico do DFTrans e emissão das ordens de serviço, a empresa deve adquirir novos coletivos”, explica o diretor-geral do Transporte Urbano Distrito Federal (DFTrans), Jair Tedeschi. 

 

Nos ônibus novos, os passageiros podem realizar – em um período de até duas horas, no mesmo sentido – a integração com os ônibus da TCB, com os novos carros das demais bacias, além do Metrô. Para contar com o benefício, os usuários devem portar um dos cartões do Sistema de Bilhetagem Automática (SBA).

 

Os coletivos das empresas operam em cinco bacias, previstas na licitação que reformulou todo o Sistema de Transporte Público Coletivo. Essa reformulação representa uma renovação quase total da frota operante no DF – ficando de fora apenas os micro-ônibus das cooperativas que possuem contratos ainda vigentes.

 

Serviço

Entrega simbólica de novos ônibus da Urbi

Data: 20 de novembro

Horário: 10h

Local: Terminal Sul de Samambaia

O Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) vai disponibilizar reforço de ônibus para atender aos alunos que realizarão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), neste sábado (8) e domingo (9). 

 

Segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), autarquia vinculada ao Ministério da Educação (MEC), 160 mil alunos farão a prova no Distrito Federal. 

 

A autorização de viagens extras se dará de acordo com a demanda para linhas que atendem aos locais de realização das provas: Brasília (Asas Norte e Sul), Brazlândia, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Gama, Guará, Núcleo Bandeirante, Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo, São Sebastião, Santa Maria, Samambaia, Sobradinho e Taguatinga.

Rodoviários das empresas do Sistema de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal receberam, na manhã de quinta-feira (23), seus diplomas de finalização do curso Gentileza Urbana, ministrado por servidores do Transporte Urbano do Distrito Federal- DFTrans-.

50 motoristas, cobradores e cobradoras participaram da última aula do curso oferecido pela DFTrans. Essa é a sexta turma formada no ano de 2014. Ao todo foram sete encontros, cada dia contando com uma palestra diferente sempre com temas voltados para segurança do trabalho, respeito ao próximo, boa convivência e direção defensiva.

Mauro Fiorentino, motorista há 26 anos em Brasília, agradeceu aos idealizadores do curso e salientou que aprendeu bastante com as aulas. “Já estou passando para os amigos do trabalho o que eu aprendi aqui e colocando em prática para melhor atender o usuário”.

Segundo o diretor-geral do DFTrans, Jair Tedeschi, cursos como o Gentileza Urbana são de extrema importância para a melhora do sistema de transporte público na cidade. Os números de reclamações desse ano por má conduta de motoristas, colhidos pela ouvidoria do orgão, mostram que houve uma queda significativa. Ano passado foram recebidas 1.612 reclamações até o mês de outubro e nesse ano apenas 434 manifestações.

Para a coordenadora e idealizadora do Curso Gentileza Urbana, Dayanne Gouvea, a cada dia que uma nova turma se forma o objetivo de fazer com que o sistema de transporte público seja mais humanizado e diferenciado fica mais próximo.

Programa

O curso Gentileza Urbana acontece às terças e quintas-feiras no auditório do Detran, na entrequadra 706/906 Sul. Ao todo, cerca de 300 rodoviários já se participaram do programa e a previsão é que até o final desse ano 500 trabalhadores passem pelo curso.  Durante as aulas os motoristas e cobradores recebem cartilhas, participam de dinâmicas e assistem a palestras.


Foto-19

Foto-29

Foto-45



 

As linhas alimentadoras, de Santa Maria e Gama, começam a ser cobradas a partir do dia 1º de novembro. A tarifa será de R$ 2,00 (dois reais). “O início da cobrança será gradativo. Primeiramente, iniciaremos pelos ônibus que fazem o trajeto circular nas duas cidades. São os coletivos que levam os usuários até o terminal do Expresso DF/Sul”, explicou o diretor-geral do DFTrans, Jair Tedeschi

O sistema BRT entrou em operação no dia 30 de junho e, nesse período, vários ajustes foram feitos, sendo criadas novas linhas, e outras, reforçadas, como, por exemplo, as da UnB, L2 Sul, W3 Sul e aquelas que ligam o Gama a Taguatinga. “Nesse período de testes, nos reunimos com a população para saber as reais necessidades dos usuários e, diante desses dados, temos procurado, na medida do possível, atender às reivindicações”, falou o diretor.

Tedeschi explica ainda que, diariamente, reúne-se com os técnicos do DFTrans, representantes das duas cidades e da empresa Pioneira para ajustar o sistema. “É um trabalho intenso para pôr todo o sistema em plena operação”, disse

O funcionamento do sistema começa a partir das cinco horas da manhã e vai até a 0h30. Diariamente, o Expresso DF/Sul transporta cerca de 100 mil pessoas. Anteriormente, quando um usuário precisava sair ou voltar para uma dessas duas cidades, gastava uma média de 1h30 até o Plano Piloto. Os ônibus estavam sucateados, quebravam constantemente, conturbando ainda mais o tráfego intenso. Agora as viagens são feitas em corredor exclusivo, diminuindo o tempo de percurso para, no máximo, 40 minutos. Mais confortáveis, todos os veículos contam ainda com ar condicionado.

A cobrança de tarifa no sistema por completo deverá ser concluída em dezembro. Está faltando apenas alguns detalhes de obras estruturais dos terminais. “A data para início da tarifação das linhas troncais - que são as que ligam o Gama e Santa Maria ao Plano Piloto - ainda está em estudo”, finaliza Tedeschi.

Integração

Todo o transporte público do Distrito Federal já está em funcionamento integrado. Basta ter em mãos um cartão cidadão e, em até duas horas, no mesmo sentido, o usuário paga somente o valor da tarifa cheia. Isso vale também para ônibus e metrô. Por exemplo, se um usuário de Santa Maria quer ir para Sobradinho, basta pegar uma alimentadora que o leve até o Expresso DF Sul e, de lá, até a rodoviária do Plano Piloto, onde em seguida embarca para Sobradinho. Por todo esse trajeto será cobrado, no máximo, o valor da tarifa cheia, que é de R$ 3,00 (três reais), descontados em seu cartão cidadão.

Lembrando que estudantes, idosos acima de 65 anos e pessoas com necessidades especiais não pagam passagem. Basta irem a um posto de SBA para se cadastrar e pegar o seu cartão especial.

 

Serviço:

Linhas que começam a ser tarifadas a partir do dia 1º de novembro:

Gama: A200, A201, A202, A203, A204, A205, A206

Santa Maria: A250, A251, A252, A253, A254, A255

A partir desta sexta-feira (24), o Sistema de Bilhetagem Automática do DFTrans (SBA) passará por atualização no banco de dados, visando melhorar o atendimento aos usuários e otimizar o gerenciamento de informações.

Para isso, os postos terão um horário reduzido de atendimento na próxima sexta-feira (24). O horário especial será das 7h às 13h. 

Para o Diretor Geral do DFTrans, Jair Tedeschi  “a atualização dos dados, como processo contínuo, garante a segurança da operação, agiliza, dá mais qualidade ao atendimento e melhora o trabalho da nossa equipe. Mais uma vez, reforço para o usuário que precisar ir até um posto do SBA nesta sexta-feira, que as senhas serão distribuídas até o meio-dia. Das 13h em diante o sistema estará indisponível”.

A partir de terça-feira (28), o atendimento em todos os postos do SBA será em horário normal, a partir das 8h.

Página 1 de 27
banner 162

Carta Servico Icone

sd

unnamed

BANNER-TUTORIAL-CADASTRO-SCIE

banner-horarios

banner-canais

banner-creditos

banners-licitacao

VOCÊ EST? AQUI: Início Notícias ASCOM DFTrans