Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal

DFTrans estabelecerá limite de viagens diárias no transporte coletivo

19.04.2018

 

 

Para combater fraudes no sistema de bilhetagem, o Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans) fará, em até três semanas, alterações nos cartões de passe do transporte público. O órgão estuda iniciativas para a implementação de travas, dispositivos que bloqueiam a utilização do vale quando é atingido um limite previamente estabelecido.

 

Entre os limites estudados, está o de viagens por dia, que provavelmente será estabelecido em, no máximo, oito. Outra medida é a proibição de que o cartão seja usado mais de uma vez em um curto espaço de tempo – já que muitos passageiros o utilizam para permitir a passagem de outras pessoas. Esta providência também vai impedir que o cartão seja um meio para ações de organizações criminosas, como foi apurado no âmbito da Operação Trickster.

 

O cálculo feito pela primeira ação penal no âmbito das investigações, aponta que o sistema de bilhetagem automática do DFTrans foi fraudado pelo menos 913 vezes entre outubro de 2017 e março de 2018.

 

As apurações indicam que os criminosos usavam empresas fictícias, sem registro na Receita Federal, e com CNPJ falso, para a emissão de créditos para vale-transporte que seriam usados por seus empregados. Desta forma, os créditos eram concedidos posteriormente descarregados nas catracas dos permissionários. O valor gerado com o falso uso era pago pelo GDF para ressarcir as empresas.

 

O sistema criado para controlar a circulação de passageiros serviu como meio para a prática do esquema. A estimativa é de que, nessas fraudes, o prejuízo tenha chegado a pelo menos R$ 2,388 milhões.

 

Matéria disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2018/04/19/interna_cidadesdf,674887/dftrans-estabelecera-limites-de-viagens-diarias-no-transporte-coletivo.shtml

Transporte Urbano do Distrito Federal - Governo de Brasília

DFTRANS